Fechando o primeiro dia da segunda rodada do Campeonato Candango 2011, o Gama recebeu o Brasiliense para o clássico de número 40 recheado de expectativas. No entanto, o jogo ficou no zero a zero.
Ceilândia recebeu o Brasília e venceu por 2 a 0, com o resultado, a equipe sobe para a liderança na tabela e o torneio fica embolado.

GAMA x BRASILIENSE, por Felipe Igreja/CDE


O clássico candango entre Brasiliense e Gama, disputado na noite desta quarta-feira (19), no Estádio Serejão, terminou empatado em 0 a 0, para frustração dos torcedores que assistiram ao duelo. Com o resultado, o Jacaré saiu da liderança e caiu para a terceira colocação, pelos critérios de desempate. Já o Gama, continua o seu calvário e não vence um jogo oficial desde fevereiro do ano passado.

No retrospecto geral do clássico de Brasília, o time amarelo também manteve a pequena vantagem que tem sobre o rival. O clube de Taguatinga possui 14 vitórias contra 13 do Alviverde. Ainda aconteceram 13 empates entre o Jacaré e o Periquito.

O jogo
Atuando em casa, o Brasiliense tomou a iniciativa do jogo, enquanto o Gama se postou de maneira mais defensiva, procurando fazer um jogo de contra-ataques. Entretanto, quem se deu melhor na primeira parte do clássico foi o time amarelo, que conseguia chegar em lances de bola parada.

Aos 16 minutos, Fabiano Gadelha bateu falta e carimbou a barreira, mas ele mesmo pegou o rebote e chutou da entrada da área, acertando a trave do goleiro Fernando Vizotto. Na sequência, o meia Felipe recebeu na entrada da área, girou e bateu no cantinho esquerdo, mas o goleiro do Gama novamente salvou o time Alviverde de levar gol.

No segundo tempo, o Periquito se fechou mais na defesa e o Jacaré não conseguiu furar o bloqueio. Apenas o atacante Djavan, aos 39 minutos, chutou de fora da área, mas não conseguiu passar por Vizotto, grande destaque do clássico.

O treinador do alviverde viu melhoras na equipe, apesar do empate: “O time esteve mais consistente em relação ao último jogo. Acho que quando tivermos o Ederson e o (Marcio) Tinga em um ritmo forte vamos estar. O grupo está se entrosando e acredito que podemos fazer um bom jogo no fim de semana", disse.

Já o atacante Djavan, que entrou no segundo tempo, lamentou o placar em 0 a 0: "Acho que só ficou faltando mesmo o gol. Empatar com eles na nossa casa não foi tão ruim porque esperávamos a vitória", afirmou.

Na próxima rodada, o Jacaré recebe o Botafogo-DF, no sábado (22), às 16h no Estádio Serejão. Já o Gama continua em busca da primeira vitória na competição e recebe o CFZ Brasília, no domingo (23), às 16h, no Estádio Bezerrão.

FONTE: http://www.clubedoesportedf.com.br/site/index.php?option=com_content&task=view&id=2034


CEILÂNDIA x BRASÍLIA, por Rener Lopes e Felipe Igreja/CDE


Pela segunda rodada do Campeonato Brasiliense de 2011, o Ceilândia recebeu o Brasília no estádio Abadião e fez bonito ao bater o colorado por 2 a 0. Os gols foram marcados por Dimba, na primeira fase e Allan Dellon, no segundo tempo. Com a vitória, o Gato Preto assume a liderança na tábua de classificação.

O jogo
Quem começou pressionando foi o Brasília, logo aos oito minutos, quando Rochinha cruzou para Thiago Silva na grande área e desviou de cabeça pela linha de fundo, perdendo grande chance de abrir o marcador.

Aos 13, foi a vez do Ceilândia chegar à meta adversária, quando Allan Dellon invadiu pela direita e cruzou para Paulo Ricardo finalizar, ameaçando o goleiro Diego. Oito minutos depois, Paulo RIcardo chegou na grande área e colocou na cabeça de Allan Dellon, que mandou pra rede tranquilo para a defesa do goleiro do Brasília.

Com 31 minutos, saiu o primeiro zero do marcador. Em jogada pela direita, Thiago Felix tocou para Allan Dellon, que cruzou nos pés do Dimba, para só empurrar e colocar a bola no fundo da rede.

Nove minutos depois, com o relógio marcando 40 minutos, o treinador do Brasília, Vilson Moreira, foi expulso por reclamação pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio.

Já na segunda etapa, o Ceilândia começou já ameaçando com três minutos, quando Dimba recebeu passe pela direita e chutou forte, assustando o goleiro Diego. Depois, o gato preto só ameaçou com 15 minutos, com Diego Tezelli que veio pela direita e chutou forte, mas a bola foi pela linha de fundo.

A primeira chegada do Brasília só aconteceu um minuto depois, quando Johnnie foi na esquerda sozinho e bateu pra fora, perdendo uma grande chance. Posteriormente, o colorado só chegou com 35 minutos, com Guinho que recebeu escanteio de Rochinha, limpou da marcação da zaga do Ceilândia e bateu pro gol, obrigando o goleiro Donizeti a fazer excelente defesa.

Mas, como é visivelmente conhecido na máxima do futebol, quem não faz, leva. E foi dito e feito. Zé Ricarte veio pela esquerda e tocou na medida para Allan Delon desviar e empurrar pro fundo da rede, marcando o segundo do Ceilândia e fechando o placar.

O goleiro do Ceilândia, Donizeti, analisou a primeira vitória do time na competição: "O forte da nossa equipe é a marcação. Estamos fazendo isso bem, marcando forte e saindo no contra-ataque. As poucas oportunidades foram concluídas a gol. O trabalho foi bem feito. Conseguimos os três pontos e agora estamos pensando no clássico de domingo contra o Ceilandense", afirmou.

O treinador Adelson de Almeida completou a análise do arqueiro do Ceilândia: "Quando você não toma gol, fica mais fácil para armar o ataque. O nosso time já era assim no ano passado e vamos continuar dando atenção para a defesa neste ano", ressaltou.

Já o meia Diego Tezelli, do Brasília, comentou a segunda derrota da equipe no Candangão 2011: "Nós estamos trabalhando, jogando bem. Quando estava zero a zero, a partida estava equilibrada. Mas falta tranquilidade. Na hora das finalizações, está faltando um pouco mais de calma para fazermos os gols. Foram só duas rodadas. Ainda temos mais campeonato pela frente. Vamos continuar trabalhando", finalizou.

Na próxima rodada, o Ceilândia recebe o Atlético Ceilandense no clássico nordestino do Distrito Federal. Já o Brasília recebe o Formosa Esporte, no estádio Rorizão. Os dois jogos acontecem no domingo (23), às 16h.

FONTE: http://www.clubedoesportedf.com.br/site/index.php?option=com_content&task=view&id=2027

0 Response to "Gama e Brasiliense ficam no zero a zero. Ceilândia bate o Brasília e é o novo líder"

Postar um comentário

BLOG ESPORTE DE FORMOSA - Cobrindo todos os lances! Todos os direitos reservados.

Os comentários são sujeitos a revisão e não representam a opinião deste blog.

    .

    Arquivo do Blog